Controle do AEDES

O Departamento de Endemias da Vigilância Sanitária realizou a distribuição de 362 mudas de crotalárias. O plantio da Crotalária em terrenos baldios, quintais, jardins, vasos e inclusive nas margens dos rios atrai a libélula que põe seus ovos em água parada e limpa, da mesma maneira que o Aedes. E prevenindo o Aedes, previne também a dengue e todas as outras doenças transmitidas por este mosquito. Funciona assim. Os ovos nascem, viram larvas e essas larvas se alimentam de outras larvas, inclusive do mosquito transmissor da Dengue. Além de tudo isso, a Libélula adulta se alimenta de pequenos insetos e o Aedes Aegypti faz parte do seu cardápio, é um dos pratos preferidos pelas libélulas. O que pode diminuir bastante ou acabar definitivamente com a manifestação. As crotalárias são plantas pouco exigentes e com grande potencial de fixação biológica de nitrogênio. O seu crescimento é mais rápido e tem sido muito usada como adubo verde em rotação com diversas culturas e no enriquecimento do solo.

Segundo informações da Diretora do Departamento de Endemias, Ieda Lima, as sementes foram doadas pela Prefeita Eleita Marcela Ribeiro Lopes, plantadas pelos técnicos da Vigilância Sanitária em copos doados pelo SICREDI.

As mudas foram doadas ao alunos das escolas do município, com a orientação de que plantem em seus quintais. Também foram entregues panfletos educativos de prevenção.

Esta ação é uma realização da Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Saúde através dos Departamentos de Vigilância Sanitária e de Endemias.

_____________________________________

Cuca Ferreira – Assessoria de Comunicação

 

 

Data de publicação: 21/11/2016

Créditos: cuca ferreira

Créditos das Fotos: cuca ferreira

Compartilhe!